quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Estamos prontos para o Marketing 3.0?

Os especialistas detectam o nascimento do marketing, como conceito, há 60 anos. Desde então, tem se ensinado que o marketing é uma filosofia empresarial que busca estabelecer relacionamentos rentáveis e duradouros entre as partes, através da gestão da gestão de produto, preço, praça e promoção (os quatro pês). Mudam as palavras, mas tem sido basicamente isso.

Há quem diga que nada mudou no conceito, desde então. Engana-se. Na realidade, os conceitos até evoluiram, acredito que até de forma mais avançada do que a sua aplicação.

Seis meses atrás fui numa clínica de olhos verificar se houve mudança no grau e o doutor me perguntou pra que uma empresa do porte da qual eu trabalhava precisava de marketing. Claro que foi uma pergunta retórica, eu levaria muito mais do que o tempo da consulta pra explicá-lo, principalmente considerando que eu precisaria partir de premissas que não estão claras pra ele. [Eu narrei esse episódio na época, clique aqui para lê-la.]

Semana passada voltei nesse mesmo médico e um novo episódio me escandalisou. Levei a receita médica que ele preencheu para a ótica, que detectou que uma das informações estava claramente errada. Liguei pra a clínica e, depois de derrubarem a primeira ligação depois de eu ter explicado que precisava da informação correta, enfim transferiram pro médico. Escutei dele um belo de um PQP sonoro e alto, quase me chamando de imbecil por não ter entendido a receita. Depois, com toda a paciência do mundo, expliquei o que constava, ao qual ele percebeu o erro e informou o dado correto.

Pensa que pediu desculpas depois? Que lamentou o engano? Não. Ficou esperando meu agradecimento!!! Eu disse até logo e tchau. Embora o até logo não seja verdadeiro, porque não pretendo voltar lá nunca. E olhe que é um dos hospitais/clíncias de Olhos mais conhecidos do Recife.

Pois bem, como explicar pra um cidadão desses, que não entende os conceitos fundamentais do marketing, sequer consegue perceber que precisa do cliente e quem tem que tratá-lo bem, de que ele precisa focar na sustentabilidade social, focar nas pessoas, que é a proposta do Marketing 3.0 (segundo Philip Kotler)?

Sim. Nos fundamentos do marketing, a maioria das empresas não sabe desenvolver sequer o seu produto, o seu preço, a sua praça e sua promoção. E se não tem essa tarefa bem feita, como vai entender que todos os seus esforços devem buscar que seus clientes obtenham a melhor experiência possível de compra, associando sua marca aos seus próprios valores pessoais?