segunda-feira, 15 de março de 2010

Comunicação integrada - uma mesma empresa fazendo tudo

O que é melhor: contratar uma única empresa pra tratar de propaganda e publicidade ou uma para propaganda e outra pra publicidade?

Trago este assunto à tona como desdobramento da abordagem da semana passada sobre a formação de uma equipe multidisciplinar para tratar do marketing integrado numa empresa de médio porte.

Na década de 90 a gente via cada coisa ocupando seu lugar: as chamadas "agências de publicidade" preparavam campanhas de propaganda e as assessorias de publicidade tratavam de relações com jornalistas e formadores de opinião.


Mas já na década passada começamos a perceber o advento das empresas de comunicação integradas. As agora chamadas "agências de propaganda" (reparando agora o termo equivocado com a qual eram identificadas) procuravam oferecer aos seus clientes o serviço de assessoria de imprensa. Da mesma forma, as assessorias de imprensa oferecendo peças de propaganda.

Na minha pós-graduação de comunicação empresarial na Fafire tive a oportunidade de conhecer uma jornalista que criticava esta tendência. Dizia que cada uma tinha o seu papel e devia permanecer nele. Entretanto, sem tanta surpresa, observei que em menos de dois anos ela já estava integrada com "publicitários" e outras formas de comunicação, como websdesigners, oferecendo comunicação integrada.

Diante de todo este contexto, antes de fazer sua opção de contratação é preciso levar em consideração se a empresa candidata a prestadora de serviços tem a dupla vocação (tendo especialistas nas áreas que se propõe) ou se domina uma das áreas e está apenas querendo expandir seu mercado à força. Pra que não ocorra de apresentar excelentes resultados numa frente e decepcionar em outra.

Portanto, sem dúvida é mais econônimo ter uma única empresa tratando das duas coisas. Mas se você não tem recursos para contratar uma com todo este escopo (propaganda e publicidade), defina seu foco de abordagem numa das frentes e ignore a outra. E daí, escolha a melhor empresa que tem esta vocação.

Boa sorte e não esqueça que, a qualidade dos resultados vai depender dos insumos, do briefing que você transmitir para os prestadores de serviço. Quanto mais objetivo e acertivo você for, maior a chance de sucesso!